Programa de Pós-graduação em Ciências, Tecnologias e Inclusão (PGCTIn) – Doutorado Acadêmico

FAQ

  • Qual título a ser recebido pelos alunos formados pelo PGCTIn? -> O Título é o de Doutor em Ciências, Tecnologias e Inclusão.
  • ====================================================
  • O que precisamos saber sobre os projetos da linha 1 e a aderência aos temas envolvendo Ciências Tecnológicas:
    -> Tanto as visões das Ciências Tecnológicas como tema e/ou como instrumento poderão ser contempladas nos projetos desenvolvidos por essa linha, sempre sem esquecer a perspectiva do ensino, por estarmos inseridos nessa área na CAPES, o órgão governamental que regula os programas de pós graduação no Brasil. As ciências tecnológicas aqui envolvem, sem se restringir, ao campo do conhecimento composto pelas ciências biológicas, saúde, tecnologias, engenharia e matemática, dentre outros, para desenvolvimento de novas tecnologias assistivas e/ou de ensino.
    Cabe ressaltar que os projetos serão definidos somente após a aprovação e entrada do candidato no programa, em acordo com os pesquisadores e seus próprios projetos já existentes.
  • ====================================================
  • Já existe um cronograma de aulas com dias já previstos como era no CMPDI (Curso de Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão)? -> O PGCTIn em nada se parece com o CMPDI. Ele é um curso acadêmico e não profissional. Por ser um doutorado acadêmico, pode existir variação de aulas e disciplinas de forma contínua a todo período. O cronograma é proposto a cada semestre pelos membros da pós, que visa a formação de pesquisadores e professores na área de Ciências, Tecnologias e Inclusão, diferente do mestrado profissional, que visa a melhoria acadêmica do profissional-aluno, de forma especializada, com o retorno ao seu local de trabalho,para que este produza transformações benéficas à sociedade em seu local de origem.
  • ==================================================
  • Sobre a possibilidade de bolsa, quais seriam os critérios? ->Os critérios de bolsa ainda não foram instituídos totalmente e o regulamento de bolsas está sendo construído. A princípio as bolsas irão para os alunos que não trabalham, tendo em vista que o cenário brasileiro de bolsas é sempre menor que o número de alunos, demandando que estes não trabalhem para o recebimento das mesmas. Mas somente com a liberação do regulamento de bolsas, as regras finais serão conhecidas. A atual seleção do PGCTIn é para as vagas do curso e não trata da distribuição das bolsas.
  • ========================================================
  • A carga horária que consta no edital será flexibilizada conforme a disponibilidade do orientador? -> A carga horária de dedicação para o curso é de 40h semanais. Esse é o compromisso assumido por todos os alunos de um doutorado acadêmico, inclusive o PGCTIn, logo não existe flexibilização. Esse compromisso independe da disponibilidade do orientador, tendo em vista que o PGCTIn é um doutorado na área de Ciências, Tecnologias e Inclusão, com diferentes disciplinas ministradas por pesquisadores formados por áreas que vão da medicina à engenharia, e que vão exigir leitura e escrita contínua de diversas referências e textos das diferentes áreas envolvidas. Logo, o número de atividades será grande o suficiente para demandar essa dedicação ao curso, não permitindo flexibilização.

4)Aonde eu acho os documentos de criação na pós?

->Todos os documentos de criação da pós estão na página Início a sua direita em Informações e Documentos.

>>Translate - click here! »
Skip to content